blog me tendal

BLOGME TENDAL DXVI: Luto

De luto por uma soedade não querida. Nem um pantalón, nem um calcetín, nem uma prenda íntima que me faça companhia. Ser tão delicada não é bom. De luto pela falta de companhia...

BLOGME TENDAL DXV: Por ordem

Primeiro lavei os trapos, logo as servilletas, depois as cuequinhas, e a t-shirt. Sequei as mãos na toalla. Pus-as a secar e sentei a dar crema nas mãos....